Grupo Luminous de Fotografia

05/fevereiro/2009

Palestras com Diego Rousseaux e Frederico Mielenhausen.

Diego Rousseaux é conhecido pelo seu extremo cuidado e técnica no controle da luz. Trabalhou como still photographer em mais de 12 longa metragens e hoje, dedica-se exclusivamente à fotografia publicitária.

Natural de Buenos Aires, Diego Rousseaux sempre teve um fascínio especial pela fotografia, dando os primeiros passos aos 18 anos como assistente. Em 1987 montou seu próprio estúdio onde fotografou uma ampla variedade de temáticas, encontrando em cada uma sua própria linguagem, preocupando-se com a qualidade técnica, estética e pela busca da luz ideal para cada tema.

Foi professor universitário da Universidad Abierta Interamericana (Argentina), fotógrafo de still para cinema em 12 longa metragens e como laboratorista, responsável por ampliações de obras de grandes fotógrafos: JR Duran, Vania Toledo, Dudu Tresca, Fernando Losa, Osvaldo Melingeni e outros.

Instalado desde 2001 em São Paulo, dedica-se exclusivamente à fotografia publicitária e ao ensino das técnicas para controle absoluto da luz . Atende clientes diretos e agências de publicidade e, ministra workshops na área da fotografia publicitária, fotografia de estúdio e iluminação.

+info

 
Palestrante: Frederico Mielenhausen

Frederico Mielenhausen nasceu em Frankfurt, Alemanha, em 1939. Crescendo no ambiente do estúdio do pai, logo sentiu despertar o interesse pela arte fotográfica. Freqüentou em 1960 o curso de história da arte e decoração no IADE, desenvolvendo ainda mais o seu senso de composição. Em 1962 regressou à Alemanha, onde desenvolveu suas atividades em Frankfurt como decorador. Freqüentou nesta época o curso de Comunicação Visual em Ulm, Alemanha. Mais tarde transferiu-se para Munique onde se dedicou à pintura, participando do ambiente jovem dessa cidade. Estabeleceu contato com a televisão alemã, por intermédio do cinegrafista Roland Henze, elaborando roteiros sobre o Brasil que despertaram grande interesse.

Após um estágio e realizando experiências em um laboratório fotográfico em Frankfurt, regressou ao Brasil em 1964. Aqui desenvolveu suas atividades como fotógrafo profissional, montando seu estúdio em São Paulo. Em 1965 participou ativamente para a televisão alemã, na execução de dois filmes documentários sobre o Norte, Nordeste e de São Paulo, que foram distribuídos por toda a Europa.

Foi associado do Foto Cine Clube Bandeirante e um dos fundadores do Grupo Photogaleria e do Cromos Grupo Fotográfico. Foi, ainda, diretor do Sindicato de Empresas de Arte Fotográfica no Estado de São Paulo. Em 1990 recebe o título de “Mestre da Fotografia” em Kassel, na Alemanha.

Atualmente se dedica ao seu estúdio fotográfico “Foto Milo”, na Rua Estela, 283 - São Paulo.