Grupo Luminous de Fotografia

06/novembro/2008

Palestra com o fotógrafo Eduardo Muylaert


Eduardo Muylaert é fotógrafo e advogado.
Atualmente é representado pela Galeria de Babel – www.galeriadebabel.com.br

Publicou “O Espírito dos Lugares” – Editora Terceiro Nome, 2003 – e participou das obras coletivas “RIO/SÃO – doze visões de duas cidades maravilhosas” – Formarte, 2003 – “Povos de São Paulo” e “Peuples de São
São Paulo” – Editora Terceiro Nome, 2004.

Participou de exposições internacionais como “Brasiliens Gesichter” (Ludwig Museum, Koblenz, Alemanha, 2005), “Peuples de São Paulo” (Point Ephémre, Paris, França, 2005), “Focus in your world”, do Programa de Meio Ambiente das Nações Unidas (ECO 92), “El arte y El fútbol” (Assunção, Paraguai, 1999) e “Uma coleção: Fotografias do Museu de Arte Moderna de São Paulo” (Galeria 68 ELF e Espaço Dultural Exit Art, Colônia, Alemanha; Espaço Cultural Kultur Fabrik, Eschsur-Alzett, Luxemburgo, 2001; e MAM-SP, 2002.

Foi o curador brasileira da mostra “Nos limites da fotografia”, organizada em São Paulo pelo Governo Francês e o SESC- Pompéia, em 1996. Foi coordenador setorial dos 3º e 4º Mês Int5ernacional da Fotografia em São Paulo (1997 e 1999).

Participou de manifestações como “Foto São Paulo”, onde coordenou o grupo “O Largo de São Francisco e a Faculdade de Direito” (São Paulo, 2001). “Povos de São Paulo”, onde coordenou o grupo “A cozinha dos Imigrantes” (São Paulo, 2004) e “Expedição Mananciais”, onde coordenou o grupo “Patrimônio Histórico de Paranapiacaba” (São Paulo, 2008).

Suas principais exposições em São Paulo são “CaraHavana” IQArtGalllery, coletiva, SP, 2008); “Boa Noite, Paulicéia!” (Pinacoteca, SP, 2006); “Veracidade”(coletiva, MAM, 2006) “Seis fotógrafos para cada cidade” (coletiva, Galeria Euroarte, 2005); “Ponte Cultural França-Brasil” (coletiva, Nossa Caixa, 2004); “O Espírito dos Lugares” (Galeria Nara Roesler, 2003); “Meus amigos” (coletiva, MAM – Villa Lobos, 2003; “Tiras compridas do Brasil” (Galeria Millan, 1999); “Fazenda Pinhal, Cem anos de fotografias” (coletiva, SESC-São Carlos, 1998 e Museu da Casa Brasileira, 2001); “Ensaios e confrontos” (coletiva Galeria Métier, 1999; “No horizonte do Brasil” (coletiva do banco J.P. Morgan, MAM-SP, 1999); “Paris de novoa” (Banco Francês e Brasileiro, 1998); “NOVA Iorque” (Bar Balcão, 1997); “Réplicas” (Espaço Mirante, 1996); “Série NY” (Coletiva, Espaço Mirante, 1996); “Paris – Fragmentos 70/95” (Bar dês Arts, 1995); e Transferências” (Bar do MIS, 1993).
Fonte: http://www.canalcontemporaneo.art.br/

Boa Noite, Paulicéia, de Eduardo Muylaert
Este conjunto de fotos de Eduardo Muylaert, agora exposto na Pinacoteca do Estado, sugere algumas reflexões. O trabalho, livremente tachista, minimalista, contemporâneo, quase nada tem a ver com a Paulicéia Desvairada, de Mário de Andrade, autor de obra, sobretudo a poética, obsoleta, pouco representativa da cidade de São Paulo e do mundo atual. Os bondes não passam mais como um fogo de artifício, sapateando nos trilhos, como poetava o morador da Lopes Chaves, que foi, numa operação política nacionalista, candidamente embalsamado e oficializado. Da Paulicéia de Mário vejo apenas, neste conjunto, a sílaba CEA, que lembra céu, um céu no feminino, grávido de luz, invenção e urgência, internacional, céu de Bagdá bombardeada ou de uma periferia desaparecida de New Orleans.
As fotos de Muylaert evocam, no entanto, a realidade somente em certa medida: elas transformam uma lâmpada de poste, precário, em uma lua esgarçada e vice-versa. Elas desfiguram o traçado das ruas, de suas pistas e prédios, de seus arabescos, do céu noturno e igualmente transformam avenidas em becos sem saída, apontando para os impasses de agora. São gestuais, cinematográficas, quase acromáticas, o que lhes confere contundência. As luzes, no fundo preto, noturno, são manchas, em seu duplo sentido: o de borrão e o de mácula, deslustre, numa crítica à situação “desvairada”, na acepção de pobreza e caos, das cidades e do mundo e da própria arte, hoje, com exceções, muito bem comportada.
Texto de Régis Bonvicino, 15.01.2006

http://regisbonvicino.com.br/textcrit43muylaert.htm

http://www.picturapixel.com/archive/?p=21966

http://www.chapelartshow.com.br/

http://www.terceironome.com.br/